Páginas

terça-feira, 30 de novembro de 2010

sábado, 27 de novembro de 2010

Gostei dessa historia de fazer gráficos...


Esqueci de colocar o "então, chora agora"

Um futuro dialogo perdido...


Ela- No final das contas, seu amor não valeu a pena.
Ele- Oi?
Ela- Se você tivesse me amado menos seu amor teria sido maior, porque não teria virado rancor
Ele- Desculpa é que...
 Ela- Quer saber, eu não quero ouvir... eu só queria que você soubesse que você faz falta e que toda vez que eu penso em você e em mim eu choro porque...
Ele- Eu...
Ela- Quer dizer... eu preferia que você tivesse sido um escroto e eu pudesse te odiar... e que toda vez que a gente estivesse no mesmo ambiente, ele fosse pequeno de mais pra nós dois... eu queria não conseguir ouvir seu nome sem me lembrar do quão filho da puta você é... o quão desprezível... eu queria ter vontade de te socar....queria ter vontade de querer nunca ter te conhecido e de te ignorar toda vez que eu te vejo e fingir que isso não me afeta mas por dentro estar me corroendo...
Ele- Mas...
Ela- Mas essa irrelevância é torturante, essa indiferença... porque...quem é você pra mim agora? Quem sou eu pra você? Você não é absolutamente nada... nem eu... sei lá.. isso é tão estranho, como alguém que foi tanto pode não ser nada? A gente nunca se vê, nunca se fala, nunca se cruza... é como se você não existisse mais... não tenho noticias, não ouço falar... e quando eu paro pra pensar nisso uma vez a cada 3 meses é como se um piano caísse em cima de mim... é tão horrível..
Ele- Você...
Ela- Acho que isso é a pior coisa que pode se acontece com pessoas que já foram amigas... Simplesmente parar de se falar... como se não fosse relevante, como se tivesse sido uma sombra...sem briga, sem uma ultima conversa, sem nada... simplesmente acabar..
Ele- É que...
Ela- Espera eu terminar, você não sabe o quanto esta sendo difícil...
Ele- Acho...
Ela- ESPERA
Ele- MAS É...
Ela- QUE SACO, EU...
Ele- CALMA É QUE...
Ela- QUAL É O SEU...
Ele- MOÇA, VOCE DEVE ESTAR ME CONFUNDINDO! EU NEM TE CONHEÇO!

A descortesia é tão rotineira dentro dos onibus que quando alguem oferece um gesto de gentileza, você sente vergonha de aceitar.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vivendo numa sociedade agônica




Nós como instituição escolar, pregamos o ensino acima de tudo. Acima do individuo, do caráter e da moral.
Acreditamos que a educação é a barreira impermeável construída para passar no vestibular.
A escola ultrapassou a fronteira da responsabilidade de formação e agora somos uma complexa empresa que junto com a família forma vestibulandos. Damos uma base sólida para que mais tarde nossos alunos sejam excelentes médicos corruptos.
Por isso é com orgulho que eu anuncio o novo slogan das escolas brasileiras.
Escolas, agora criando monstrinhos que sabem fazer Log.
Pois nosso futuro será deles.
Obrigado.


domingo, 21 de novembro de 2010

falei com Drummond e ele pediu pra eu fazer uns ajustes

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém. 

João passou a amar Lili que passou a amar Raimundo
que passou junto com Joaquim a amar Maria 

que passou a não amar ninguém.

Teresa por não ser mais amada, começou a amar João
que foi a uma festa e se apaixonou por Maria que agora tava afim do Raimundo
que tinha ficado com Lili que na verdade queria ter pegado Joaquim
que ficou bêbado e não lembra de nada

Teresa ainda enciumada pelo amor de João por Maria decide se vingar beijando a paixonite de Maria, Raimundo
que agora não amava ninguém, entao resolveu curtir a vida e ficou na mesma noite com Maria Lili e Joaquim

João resolve aderir a moda, vira gay e começa a namorar com Joaquim
que mantém um relacionamento aberto e de vez em quando pega Teresa
que em uma festa pra mostrar que era descolada beijou Lili
que as vezes pensa em Maria
que talvez ame todo mundo, ou ninguém... sei lá, da no mesmo







sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Ecos de uma infancia bem vivida.

Era uma vez, uma  familia que decidiu viajar à uma casa de campo. Era primavera e as flores estouravam com suas cores.. no jardim, no canteiro, na varanda, por todos os lados, lá estavam elas exalando seus perfumes. A filha, uma menina de quatro anos meiga e astuta, atraída pela beleza das flores decide conversar com elas. A mãe, com seus olhos doces, apenas observa com admiração a linda e meiga criatura que havia colocado no mundo.
Após muito dialogar com os lindos seres coloridos de pétalas macias, a menina se da conta da presença da mae e pergunta com ternura:
-Mãe, é verdade que quando a gente fala com as flores elas ouvem?


A mae, ainda mais orgulhosa da sua cria, responde:
-Sim filhinha.


De súbito,a menina, possuída por uma ira que a invadira, vira para a planta e a golpeia com força dizendo:
-PENA QUE NÃO RESPONDEM!

A menina vai embora. A mae fica imóvel, apenas na presença do vaso quebrado e das flores destroçadas se perguntando... "O que eu fiz de errado?"
Agora, nada mais restava a essa pobre alma, se nao esperar a adolescência da filha, com temor e angustia.

domingo, 7 de novembro de 2010

A propaganda mais legal de todos os tempos



Já faz tempo que essa campanha existe, mas muita gente não sabe.
Entao...

É muito simples.
Faça xixi no banho e ajude a economizar agua! não custa nada

"mas não fica fedendo?"
NÃO, É SÓ NAO MIJAR PELO BOX INTEIRO, TREINE SUA MIRA e faça xixi no começo do banho assim a agua leva tudo caso você seja vesgo!

"mas não transmite doença?"
"Não, 95% do xixi é constituído por agua e os outros 5% são substancias como uréia e sal, que você pode encontrar em muitos alimentos...então se você não vive de sol, não enche o saco!"

tchau...
se divirta com a propaganda que é o máximo e entre no site.
http://www.xixinobanho.org.br/

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Mãe, como eu faço pra ser um grande artista? Faça alguma coisa que ninguém vá assistir, meu filho.



Penso que ser artista nessa vida não é fácil. Apenas e simplesmente pelo fato escolher assim. Vejo o quanto é frágil e aparente, o status da classe.
O que é contemporâneo?
A extravagância do menos. Quanto menos publico você tiver, mais genial é sua obra. Quanto menor a demanda de interesse há pela sua proposta, mais glorificado por mim mesmo eu serei, já que eu me julgo bom de mais para ser compreendido. Ganho assim o privilégio de reclamar: da burrice do publico, da falta de interesse das massas e da cultura pop.
Não digo sim a espetacularizaçao das artes, Muito menos compro a idéia de que só porque muita gente vai assistir é bom.
Mas tome cuidado você, Oh artista! Que não ouve o que espetáculos com grandes públicos tem a dizer, somente por essa característica.
Reclamam da falta de espectadores, mas gostam disso. Se uma legião de pessoas quisesse assistir o seu trabalho, ele seria classificado como “comercial”. E sua genialidade estaria comprometida.

Parem de ser egoístas e isolar a sua arte. Parem de tirar a glória de uma boa obra que de alguma maneira deu certo e tem publico. Parem de tirar o peso da obra como algo comunicador só porque existem mais de 100 pessoas a serem comunicadas em um recinto.

Um conselho de Mia Couto aos pegadores:

- Dou-lhe um conselho, filho. Nunca diga que uma mulher foi sua. Essas são coisas para nós, mulheres, dizermos. Só nós sabemos de quem somos. E nunca somos de ninguém.

Mia Couto - Chuva Pasmada


quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Eu não sou contra o Bolsa Familia....MAS....

Um menino. Aproximadamente 12 anos. Classe média.

Pai: O que você quer ser quando crescer?
Filho: ...Pensionista...




Baseado em fatos reais.